Uma boa dose de companhia e risadas

1 08 2007

amizade.jpg 

Há muitas coisas gostosas na vida… desde aquelas que A-D-O-R-A-M-O-S deliciar: gelados no verão, uma boa cerveja gelada, uma boa mariscada… há delícias que são tão simples, mas tão agradáveis: Estar com a família a falar do tempo de juventude, estar a ver na tv um programa que se ache muito interessante, estar num sítio agradável, apenas a levar com a leve brisa… mas qualquer uma destas coisas, quando se tem uma boa companhia, é sempre mais agradável.

Após uma manhã empolgante, 1 hora e 23 minutos a espera de ser atendida no Banco… sim de facto, é somente para corajosos ir ao banco no dia 1. Ou mesmo para loucos! Embora suspeite-se às senhoras de setenta e tantos anos, com a bengala numa mão e com a outra, a senha de atendimento. Ao chegar no trabalho, que já era praticamente hora do almoço, nos juntamos para tagarelarmos um pouco, ou muito, sobre tudo e todos. Desde o sassarico do Nuno Guerreiro (com “Amiga Colorida” na praia do Algarve), desde a Canja de Galinha com aspecto de Caldo Knorr (comentário de um dos colegas), conversas sobre gastronomia (sim, este parece ser o tema preferido dos colegas homens do meu trabalho – mas isto é tema para um próximo post), até conversas sobre colegas desertores que não compareceram ao serviço militar (ops! será que falei demais?!). 1 hora de conversas fiada, pois é expressamente PROIBIDO falar de qualquer assunto de trabalho que seja durante o intervalo do almoço. Muita gargalhada, muita coscuvilhice e piadas.

Interessante como fala-se muito no amor, na paz e tudo o que engloba estas duas palavras. Mas as vezes ninguem dá conta do quanto uma amizade pode ser importante. Ouço muitas vezes que amizade não se conquista de um dia para o outro, mas sim, constrói-se ao longo do tempo. Concordo e assino em baixo. Mas a amizade de que falo hoje, é aquela que sentimos quando estamos ao pé de uma ou algumas pessoas específicas, onde nos sentimos bem, e à vontade de falar o que vem a cabeça, até dizer uma asneira se for necessário. Apenas para estar ali a compartilhar momentos de descontração, a querer contar uma coisa engraçada ou ouvir do colega. Para universo dos bloguistas, as publicações são sempre com 2 sentidos: 1 – de querer dizer aquilo que nos apetece; 2 – de querer trocar interesses com outros bloguistas, querer comentar e ser comentado. Á minha direita, segue uma lista de blogueiros com publicações inteligentes, curiosas, engraçadas, singulares e atraentes. Para vós, colegas do blog, que compartilhamos as publicações, fica este post, para tentar expressar que este novo mundo, que cruza os quatro cantos do mundo, e quase ninguém se conhece, fica uma boa noite e a minha alegria.

:*